dscf0178

Maior nervo do nosso corpo, o ciático inerva os membros inferiores. Estende-se da região lombar da medula espinal, passando pelas nádegas até à região posterior de cada perna, ramificando até ao pé.

Uma pessoa pode sentir dor no membro inferior que tem origem na coluna lombar, sem dor propriamente na região lombar, ou pode sentir as duas coisas ao mesmo tempo…

A dor ciática ocorre quando este nervo é sujeito a pressão, geralmente na região lombar. A causa normalmente, segundo especialistas, é uma hérnia discal. Mas pode também ser outros fatores como: uma protusão discal ou até mesmo uma queda.

A ciática, não é uma doença, como muitos pensam, mas sim um sintoma de um problema que envolve o nervo ciático, como resultante de uma irritação ou inflamação das raízes nervosas da coluna…

…já que é ele, o nervo ciático, que controla a maioria dos músculos dos membros inferiores, conferindo sensibilidade às coxas, pernas e pé.

Esta dor pode ser descrita de diferentes formas: pode ser sentida como uma pontada, uma sensação de queimadura ou dor no membro inferior na distribuição da raiz nervosa específica.

Por outro lado, você sabia que a sua ocupação profissional também pode ser um fator de risco para a dor ciática se:

  • o seu trabalho envolve a condução de veículos por longos períodos;
  • você, no seu dia-a-dia, faz transporte de cargas pesadas, ou ainda
  • movimentos que impliquem esforço para a coluna.

Portanto, as posturas corporais incorretas acabam por exercer pressão sobre o nervo, sendo que a ciática é ainda mais comum em pessoas sedentárias ou que passam demasiado tempo sentadas.

Na posição sentada, a pressão no discos intervertebrais é maior do que na posição em pé, sendo esta uma das grandes razões de que grande parte das pessoas que passam a maior parte do tempo sentadas, sofrem mais de problemas na coluna!!

Pensando em você que ainda sofre com estas dores, eu preparei 4 exercícios que vão aliviar de imediato a dor ciática!
É só clicar neste link, praticar e ser Feliz!!

Clique aqui para ver o vídeo

Grande abraço e sinceramente espero que seja bastante útil!!

Fonte de consulta:

  • Cailliet, R. (2002). Compreenda a sua dor nas costas. Porto Alegre: Artmed.
  • Goldenberg, J. (2004). Coluna Ponto e Vírgula. 3ª edição, São Paulo: Atheneu.